[Apresentação]
[A Cidade]
[Acesso Rápido]
 
[Arquivo]
[Principal]

:: Igreja do Desterro
:: Praça Gonçalves Dias
:: Igreja do Rosário
:: Praça João Lisboa
:: Praça Benedito Leite
:: Praça Pedro II
:: Igreja de Santo Antonio






 
>Blog do Patrimônio
>Brindes
>Busca no Site
>Fale Conosco
>Projetos
>Trapiche
>Mapa do Site


A CIDADE    |   Igrejas & Praças - Igreja de Santo Antonio


De todos os templos antigos de São Luís, o de Santo Antonio é o mais singularmente belo, proporcionando uma experiência marcante para quem o visita.

Situado de frente para a Praça Antonio Lobo, exibe uma estrutura grande, maciça e austera – possui uma fachada com portão e janelas em arco gótico e um frontão bem acentuado, guarnecido por uma platibanda onde despontam ameias estilizadas e uma cruz de ferro ao centro. A impressão geral que se tem é a de estar diante de uma praça forte da Idade Média, sensação essa reforçada pelos dois torreões sem cúpulas visíveis que ladeiam a nave central. Para onde quer que se olhe, despontam elementos que evocam poderosamente o estilo arquitetônico manuelino - janelas em arco gótico, óculos, frisos e, de novo, as ameias estilizadas.

A história da Igreja de Santo Antônio confunde-se um pouco com a do Convento do mesmo nome - do qual é contígua -, muito embora sua edificação tenha sido feita mais recentemente.

Segundo consta nos anais da cidade, remonta a 1624 o início da construção do Convento, obra empreendida pelo custódio visitador e comissário do Santo Ofício, Frei Cristóvão de Lisboa, que chegou ao Maranhão no dia 05 de agosto daquele ano na companhia de mais treze franciscanos. A inauguração solene do Convento deu-se em 01 de fevereiro de 1625, sendo Frei Antonio da Trindade nomeado seu primeiro guardião.

A Igreja de Santo Antonio, por seu turno, começou a ser erguida apenas em 1860, sob a inspiração de frei Vicente de Jesus, a quem coube também, com raro entusiasmo e zelo, revitalizar o Convento, à época em franca decadência.

Com o falecimento de frei Vicente, ocorrido em 1862, ficou a cargo de seu sucessor, frei Ricardo do Sepulcro, prosseguir na empreitada e finalizar a edificação da nova igreja - missão que cumpriu com habilidade e brilhantismo, tendo conseguido até que o Governo da Província lhe destinasse anualmente a quantia de doze contos de réis e encarregasse das obras o engenheiro Francisco César da Silva Amaral.

A Igreja de Santo Antonio foi solenemente aberta aos fiéis em 20 de janeiro de 1867, dia em que também foi entronizada no altar a imagem de seu padroeiro. Originalmente, existiam duas capelas no local - a do Senhor Bom Jesus dos Navegantes e do Senhor Bom Jesus da Coluna -, que foram habilmente incorporadas à parede do templo e a ele integradas, estando localizadas à direita de quem entra.

Segundo a tradição, foi em uma dessas capelas, ou então nas próprias dependências do Convento, que o padre Antonio Vieira proferiu o seu famoso Sermão aos Peixes, em 1654.

Uma peculiar característica da Igreja de Santo Antonio, digna de atenção de quem a visita, está em seu piso, onde figuram admiráveis exemplos da rica tradição maranhense dos ladrilhos coloridos. Destaque também para o altar-mor em estilo neoclássico, de linhas finamente elaboradas, leve, gracioso e elegante.


Veja também

 [Localize-se]
 [Galeria de Fotos]

Matéria Relacionada

NOVIDADES DO SITE
 
Novo Blog

Foi lançado o novo blog do Patrimônio. Mais abrangente, com uma nova linha editorial e novo layout. Clique aqui.
 
Trapiche

A loja do site já está no ar - você já pode adqurir fotos e postais exclusivos
.
 
EM BREVE
 
Central de Notícias

Informação em tempo real numa parceria do Patrimônio com o G1, o maior portal de notícias da América Latina.
 
Site do Burunga

Cruel? Maldosa? E daí? A arte do riso é hilária.
 
Canal Curumim

Um canal com conteúdo todo direcionado para crianças - jogos, diversão, histórias, brindes, piadas e muito mais.
 
+ Projetos
Clique aqui

Principal   |   A Cidade   |   Athína   |   Cultura & Folclore   |   Matérias Especiais
Museu de Imagens   |   Sala de Imprensa   |   Agenda   |   Serviço   |   Novidades
Termos & Condições  |   Política de Privacidade  |  Sobre o Patrimônio |  Anuncie Conosco |  Créditos 
Copyright © Eduardo Abrahão - Todos os direitos reservados