[Acesso Rápido]
 
[Matérias Especiais]
[Principal]






 
>Blog do Patrimônio
>Brindes
>Busca no Site
>Fale Conosco
>Projetos
>Trapiche
>Mapa do Site
MATÉRIAS ESPECIAIS | Agassiz - Notas biográficas

Médico, zoológo e geólogo suiço, Jean Louis Rodolphe Agassiz nasceu em Môtier, Cantão de Friburgo, Suíça, em 18 de maio de 1807 e faleceu em Cambridge a 14 de dezembro de 1873.

A atividade científica de Jean Louis Rodolphe Agassiz desenvolveu-se nos vários campos da zoologia, da paleontologia e da geologia. Ele iniciou seus estudos de história natural ainda no ginásio, manifestando desde cedo interesse pela zoologia. Mais tarde, freqüentou as universidades de Zurique, Heidelberg, Erlangen e Munique. Doutorou-se em filosofia em Erlangen, em 1829, e, no seguinte, em medicina, em Munique.

Ainda estudante, a convite de Martius, que estava publicando Viagem pelo Brasil em colaboração com Spix, Agassiz terminou e publicou Gêneros selecionados e espécies de peixes que, em viagem pelo Brasil nos anos de 1817-1820, coligiu e cuidou, juntando-os, J. B. de Spix; elaborou, descreveu e ilustrou com ilustrações anatômicas L. Agassiz, parte relativa aos peixes do Brasil, que havia sido deixada incompleta por Spix, companheiro de Martius na viagem ao Brasil.

Agassiz conheceu Alexander Humboldt e Cuvier quando esteve em Paris, no ano de 1831. Os dois eminentes ictiólogos exerceram extraordinária influência em sua carreira.

No ano seguinte, voltou à Suíça, onde foi convidado a lecionar história natural em Neuchâtel. Dedicou-se, então, ao estudo dos peixes e dos moluscos. Suas duas obras, Pesquisas sobre os peixes fósseis e Estudos críticos sobre os moluscos fósseis, constituem verdadeiros modelos de precisão e rigor científicos.

Após investigações minuciosas nas geleiras do Aar, publicou Estudos sobre as geleiras, em que determinou a estrutura e o movimento das geleiras e demonstrou que, num período geológico mais ou menos recente, a Suíça esteve coberta por uma vasta camada de gelo.

Em 1846, convidado para ministrar um curso de conferências no Lowell Institute, de Boston, Agassiz partiu para os EUA. Dois anos depois, Frederico Gulherme 4º da Prússia, por indicação de Humboldt, convidou Agassiz para uma nova missão científica. Nesse mesmo ano, porém, o naturalista aceitou o convite para a cadeira de zoologia da Universidade de Harvard, permanecendo nos EUA.

Publicou, então, duas obras pioneiras dos estudos de história natural da América do Norte: Lago Superior - suas características físicas, vegetação e animais, comparados com os de outras regiões similares e Subsídios para a história natural dos Estados Unidos da América.

Mais tarde, Agassiz empreendeu uma viagem ao Brasil, chefiando a Expedição Thayer (1865-1866), financiada pelo milionário norte-americano Nathaniel Thayer. O objetivo principal da expedição, da qual também era membro William James, era estudar a fauna ictiológica da bacia Amazônica.

Agassiz desembarcou no Rio de Janeiro em 23 de abril de 1865. Fez uma excursão a Minas Gerais e, depois, visitou todas as capitais do litoral brasileiro, da Bahia ao Pará. O livro Viagem ao Brasil, resultado da expedição, é um valioso documentário sobre a vida e os costumes do povo brasileiro.

Dos trabalhos que Agassiz escreveu sobre o Brasil, merecem especial referência Sobre o drift no Brasil e sobre as rochas decompostas sob o drift; História física sobre o vale do Amazonas; e Geografia do Brasil: o rio Amazonas.

De volta aos EUA, Agassiz reassumiu a cadeira de história natural na Universidade de Harvard. Em 1871, empreendeu uma expedição científica à Califórnia, recolhendo precioso material ictiológico, que estudou e classificou.

Devem-se a Agassiz a fundação do Museu de Zoologia Comparada da Universidade de Harvard, a criação de uma estação de biologia marinha na ilha Penikese e a direção e orientação de várias missões científicas. Agassiz foi um dos iniciadores do estudo científico e sistemático da história natural nos EUA.

 

Iconografia





[Gravura: Agassiz, Oxford Dictionary of Scientists]






NOVIDADES DO SITE
 
Novo Blog

Foi lançado o novo blog do Patrimônio. Mais abrangente, com uma nova linha editorial e novo layout. Clique aqui.
 
Trapiche

A loja do site já está no ar - você já pode adqurir fotos e postais exclusivos
.
 
EM BREVE
 
Central de Notícias

Informação em tempo real numa parceria do Patrimônio com o G1, o maior portal de notícias da América Latina.
 
Site do Burunga

Cruel? Maldosa? E daí? A arte do riso é hilária.
 
Canal Curumim

Um canal com conteúdo todo direcionado para crianças - jogos, diversão, histórias, brindes, piadas e muito mais.
 
+ Projetos
Clique aqui

Principal   |   A Cidade   |   Athína   |   Cultura & Folclore   |   Matérias Especiais
Museu de Imagens   |   Sala de Imprensa   |   Agenda   |   Serviço   |   Novidades
Termos & Condições  |   Política de Privacidade  |  Sobre o Patrimônio |  Anuncie Conosco |  Créditos 
Copyright © Eduardo Abrahão - Todos os direitos reservados