[Apresentação]
[A Cidade]
[Acesso Rápido]
 
[Arquivo]
[Principal]

:: Igreja do Desterro
:: Praça Gonçalves Dias
:: Igreja do Rosário
:: Praça João Lisboa
:: Praça Benedito Leite
:: Praça Pedro II
:: Igreja de Santo Antonio






 
>Blog do Patrimônio
>Brindes
>Busca no Site
>Fale Conosco
>Projetos
>Trapiche
>Mapa do Site


A CIDADE    |   Igrejas & Praças - A festa dos Remédios

 

A festa chamada dos Remédios é a mais popular desta boa cidade de São Luís, quero dizer, é a festa a que concorre maior porção de povo de todas as classes e condições, e a que, na variedade de distrações que proporciona, deixa mais satisfeitos os concorrentes.

Já um mês ou mais antes do dia da milagrosa senhora, começa a azáfama da sua festa; as belas e os elegantes perdem o sono, imaginando os meios de melhor ataviar-se. (...) Como discorrem em todos os sentidos pelas ruas e travessas, como invadem todas as lojas, as pretas, as cafuzas, as mulatas, sobraçando peças de fazenda, livros de amostra. E caixas e mais caixas de dourado papelão com que vão incessantes de um lado para outro, sem conseguir satisfazer o gosto esquisito das caprichosas senhoritas, a quem a emulação e a competência tornam mais difíceis e impertinentes! Os sapateiros, alfaiates, costureiras e modistas não têm mãos a medir e a urgente e pesada tarefa abrange ordinariamente todo o curso das novenas, e só expira com o último dia da festa.

(...)

Eis a externa. O povo, sem distinção de classe e condições, aflui logo ao anoitecer de todos os pontos da cidade e ocupa promiscuamente o largo dos Remédios, uns de pé, outros sentados em bancos e cadeiras, uns parados, outros passeando, aqueles fumando, estes devorando doces, estroutos simplesmente conversando, e alguns até engolfados em silenciosa e gozosa meditação. Cada um vestido segundo seu capricho. E a todos a lua ilumina, o vento refresca e a poeira incomoda sofrivelmente. Reina por toda parte o prazer e a cordialidade, e é quase geral a efusão dos bons sentimentos.

(...)

Para aviar a enorme massa de consumidores de massas, uma extensa fila de doceiras circula o largo em todas as suas direções, sentadas em cadeiras, costas ao mar, a face para a multidão, e adiante de si, sobre pequenas bancas, os tabuleiros atestados de doces de toda espécie, quartinhas d'água, e a competente lanterna acessa.

As doceiras de tabuleiro podem considerar-se as tropas ligeiras desta guerra gastronômica; mas, além disso, os particulares que moram pela vizinhança, ou que para ali se mudam nesta quadra feliz, fazem enormes encomendas de grossa e pesada munição para os seus bailes e chás.

No antigo alpendre de Nossa Senhora, e numa barraca erguida a poucos passos de distância, tocam alternadamente a música dos educandos e a banda de cornetas do Corpo Fixo.

(...)

Agora a parte interna. Entremos na igreja. É pequenina e está principalmente atulhada de pretas e mulatas, as brancas, as senhoras, a gente do grande tom, essa ocupa as tribunas, as janelas, e até os púlpitos que das salinhas assobradadas, que estão ao lado da igreja, deitam para o interior dela. (...) No interior, a luz das lâmpadas, das placas, e de infinitos círios do trono do altíssimo inunda o templo de luz e calor, o hálito de tanta gente ali opressa e apertada o centuplica, e torna insuportável.

Silêncio e a postos! Os cânticos vão começar! Toca a encher os melhores lugares! (...) Rompe a música; o coro é dirigido pelo afamado maestro que de Lisboa acorreu às plagas americanas em busca de glória, e distrações... e digamo-lo em honra da verdade, a composição e a execução são acabadas, e primorosas como jamais se viu no Maranhão.

Oh! Prodígio! Cantam em latim! A língua de Ovídio, de Tíbulo e de Virgílio, mau grado o caráter severo e sombrio que contraiu nos cânticos da igreja, estremece de prazer e de amor ao roçar aqueles mimosos lábios.

(...)

_________________________

por João Francisco Lisboa - Foto: Estátua de João Lisboa


NOVIDADES DO SITE
 
Novo Blog

Foi lançado o novo blog do Patrimônio. Mais abrangente, com uma nova linha editorial e novo layout. Clique aqui.
 
Trapiche

A loja do site já está no ar - você já pode adqurir fotos e postais exclusivos
.
 
EM BREVE
 
Central de Notícias

Informação em tempo real numa parceria do Patrimônio com o G1, o maior portal de notícias da América Latina.
 
Site do Burunga

Cruel? Maldosa? E daí? A arte do riso é hilária.
 
Canal Curumim

Um canal com conteúdo todo direcionado para crianças - jogos, diversão, histórias, brindes, piadas e muito mais.
 
+ Projetos
Clique aqui

Principal   |   A Cidade   |   Athína   |   Cultura & Folclore   |   Matérias Especiais
Museu de Imagens   |   Sala de Imprensa   |   Agenda   |   Serviço   |   Novidades
Termos & Condições  |   Política de Privacidade  |  Sobre o Patrimônio |  Anuncie Conosco |  Créditos 
Copyright © Eduardo Abrahão - Todos os direitos reservados