[Acesso Rápido]
 
[Matérias Especiais]
[Principal]






 
>Blog do Patrimônio
>Brindes
>Busca no Site
>Fale Conosco
>Projetos
>Trapiche
>Mapa do Site
MATÉRIAS ESPECIAIS | Jeronima Gomes, 1766

Em nome da santissima Trindade, Padre, Filho, Ezpirito Santo trez pessoaz diztintas e hum Sô Deuz verdadeyro, em quem eu Jeronima Gomez firmemente Creyo, e Espero Salvarme pelos merecimentos de meu Senhor JEZUS Christo em fê protezto viver e morrer, como verdadeyra catolica Romana, que pela graça de Deuz Sou: por me achar Sa' Sem molestia alguma e em meu perfeito juizo e Emtendimento determiney fazer este meu Testamento na forma Seguinte. // Primeyramente emcomendo minha alma a Deoz, e lhe pesso que pois a Criou, e alumiou com a infalivel verdade da Fê, e Remio com o preciozissimo Sangue de nossa Senhor Jezuz Christo pelos infinitos merecimenmtos do mesmo Senhor, e interceção da Virgem Maria Senhora Nossa, do Anjo da minha Guarda e de todos os Santos do Ceo expecialmente dos da minha devoçao' [corroído] perdoarme os pecados e mizeria que ingrata a tantos beneficios Comety. // Declaro que Sou natural dezta cidade do Maranham filha Ligitima de Felicianno Gomez, e Catharina [corroído] ja defuntos, e Sempre [corroído] no estado de Solteyra, e assim nao' tenho herdeyro algum forssado. // Nomeyo por meuz testamenteyroz a meos Sobrinhos Ignacio Xavier da Silva, e Seu Irmao' Frutuozo Pereyra Gomez Capellaens da Se desta cidade auz quaez rogo E emcomendo a Execuçao' deste meu testamento. // Sendo Deuz Servido Levarme para Sy Serâ meu Corpo Sepultado na Igreja do Carmo desta cidade, e amortalhado no mesmo Habito e o acompanharâ o Reverendo Cura com a Cruz da Fabrica, e a mesma Communidade do Carmo de que Se darâ a Esmola Costumada. // Declaro que possuo os escravos Seguintes; Hypolita preta cazada com hum [corroído] por nome [corroído]: Apolinaria cafuza, [corroído], Manoel [corroído], Monica, Maria, Ignacia todos filhos da dita preta Hypolita meus ligitimos escravos, e alguns moveis de casa. // Deyxo pelo amor de Deuz a minha Sobrinha Ignacia Maria filha de Luís da Costa ja defunto, e de sua mlher Catharina Dornelles, a Cafuza Apolinaria Com os filhos, que daquy em diante tiver a dita Cafuza, e Com elles Se achar ao tempo do meu falecimento; e assim mais deyxo a dita minha Sobrinha todos os moveis de caza que se me acharem de portas a dentro o que tudo lhe faço pelo amor de Deoz // Deyxo tambem pelo amor de Deoz ao meu Segundo Testamenteyro, e Sobrinho Frutuozo Pereyra Gomez o rapâz Lourenço. // Deyxo maiz a meu Sobrinho Antonio Jozê a cafuza Monica em o preço de Secenta mil reis, e os outros trinta os darâ depois do meu falecimento por assim estarmos justos, e Contratados // Mando, [corroído] Se de a meu Irmao' Francizco [corroído] vinte mil reiz, e cazo este seja falecido ao tempo de meu falecimento, nao' ficarao' Seus herdeyros com direyto algum aos ditos vinte mil reiz, e Somente quero E mando Se diga pela alma do dito meu Irmao' Huma capella, de Missas. // Devo a meu Irmao' Agostinho de [corroído] que meos Testamenteyros Satizfarao' promptamente, cazo nao' tenha feito em minha vida // Declaro, que a dita preta Hypolita com os mais seus filhos Onofre mulato, Manoel Maria, e Ignacia deyxo a meu Primeyro Testamenteyro e Sobrinho Ignacio Gomez da Sylva a quem instituo por meu Ligitimo e universal herdeyro; com declaracao' porem, que o dito mulato Onofre por morte do dito meu Sobrinho e primeyro Testamenteyro, ficarâ forro, Livre, e izento de todo o captiveyro, e assim pesso ao dito meu Sobrinho o execcute por Ser assim minha ultima vontade, que nao' passe o dito mulato a outro Senhorio. // E por este modo hey por acabado este meu testamento, que quero valha, como tal , ou como Codicilio, ou como direyto melhor possa valer, e ter feito e Revogo outro qualquer Testamento, ou Condicilio que antez deste haja feito, ou outra qualquer dizpoziçao', e por nao' Saber escrever roguey ao padre Bernado Bequeman este mo escrevesse E por mim assignasse [corroído] Testamento a Rogo da dita Testadora eu o Padre Bernador Bequeman escrevy e por ella assigney. Maranhao' vinte e hum de Mayo de mil setteCentos Secenta e Seiz annos. // [corroído] da Testadora [corroído], e Como Teztemunha // Bernardo Bequeman.


Versão integral, em português arcaico e com as marcações da época


Iconografia


[Gravura de William Blake, Dante e Virgílio nos Portões do Inferno, século XVIII]









NOVIDADES DO SITE
 
Novo Blog

Foi lançado o novo blog do Patrimônio. Mais abrangente, com uma nova linha editorial e novo layout. Clique aqui.
 
Trapiche

A loja do site já está no ar - você já pode adqurir fotos e postais exclusivos
.
 
EM BREVE
 
Central de Notícias

Informação em tempo real numa parceria do Patrimônio com o G1, o maior portal de notícias da América Latina.
 
Site do Burunga

Cruel? Maldosa? E daí? A arte do riso é hilária.
 
Canal Curumim

Um canal com conteúdo todo direcionado para crianças - jogos, diversão, histórias, brindes, piadas e muito mais.
 
+ Projetos
Clique aqui

Principal   |   A Cidade   |   Athína   |   Cultura & Folclore   |   Matérias Especiais
Museu de Imagens   |   Sala de Imprensa   |   Agenda   |   Serviço   |   Novidades
Termos & Condições  |   Política de Privacidade  |  Sobre o Patrimônio |  Anuncie Conosco |  Créditos 
Copyright © Eduardo Abrahão - Todos os direitos reservados